Início Fatos 10 fatos curiosos sobre a Argentina

10 fatos curiosos sobre a Argentina

por Curioso Links
0 comentário
  • 16
  •  
  •  
  •  
  •  

Apesar da crise financeira e política que a Argentina vem enfrentando nos últimos tempos – o que não é novidade para nós, pois estamos na mesma situação -, o país ainda é uma nação maravilhosa, com uma geografia privilegiadíssima e cidadãos extremamente orgulhosos do lugar que vivem.

A cultura deles é completamente diferente, porém o idioma (espanhol) chega a ser mais de 80% semelhante ao Português. Isso não significa que você entenderá tudo o que eles falam, pois as diferenças de pronúncia e sintaxe são, basicamente, os vilões que te impedem de conseguir estabelecer uma comunicação rápida e inteligível com os nativos.

Mas, deixando essas questões de lado, nós reunimos uma lista com 10 fatos curiosos sobre a Argentina que você precisa saber. Na verdade, elas estão mais relacionadas com a cultura do que com o país propriamente dito.

1. Eles conversam muito baixo

Casal conversando

Além de conversarem baixo, eles não possuem uma dicção muito clara. Se você fizer uma comparação entre o espanhol da Argentina e do México, verá que é muito mais fácil entender um mexicano do que um argentino.

2. Eles não tem feira de rua

Quitanda de Rua

No Brasil é extremamente comum ver ruas fechadas por causa de feiras-livres, onde os cidadãos compram frutas, legumes e verduras. Mas, na Argentina você nunca verá algo do tipo, pois todas as frutas, legumes e verduras são comercializadas em quitandas ou mercados.

3. Os carrinhos de supermercado são horríveis

Carrinho de Supermercado

Ao invés dos carrinhos onde apenas as rodas da frente girem para a direção que queremos ir, na Argentina as quatro rodinhas são giratórias, o que dificulta (e muito) se locomover dentro dos supermercados. Vez ou outra você encontrará um carrinho igual aos do Brasil, mas é um pouco difícil.

4. Homens beijam no rosto

Homens se beijando no rosto

Apesar de ser muito estranho para nós, pois nunca fez parte da nossa cultura, os homens da Argentina se cumprimentam e se despedem com beijinhos no rosto. Muito provavelmente você passará por essa situação e achará um pouco embaraçosa, mas fique tranquilo, é como um aperto de mão.

5. Produtos para cabelos cacheados? Difícil!

Cabelos cacheados

Dificilmente você encontrará homens e mulheres com cabelos cacheados pelas ruas. Eu não quis me aprofundar para entender o motivo, mas fato é que você não encontrará com tanta facilidade produtos desenvolvidos especialmente para esses cabelos.

6. Eles não comem arroz e feijão

Batatas fritas com carne e ovo

Se você quiser comer arroz, encontrará algumas marcas nos supermercados, mas raramente conseguirá comê-lo como parte de um prato em um restaurante. O feijão é ainda mais difícil, até mesmo em supermercados. Geralmente, os argentinos almoçam ou jantam um pedaço de carne com batatas fritas, ou pizza quando estão na rua.

7. Eles buzinam por qualquer motivo

Homem apertando a buzina

Já dizia a música do Trio Nordestino: “Conversa de motorista é buzina, é buzina”. Na Argentina eles parecem viver isso intensamente, pois estão o tempo todo – e por qualquer motivo – buzinando pelas ruas. Para piorar a situação, não são buzinas curtas, não! Eles apertam com gosto e prolongam o barulho irritante o máximo que podem.

8. A Carteira de Motorista custa menos de R$ 150

Carteira de Motorista na Argentina

Para um cidadão argentino conseguir tirar sua primeira habilitação será necessário desembolsar a “bagatela” de R$ 150,00. Esse valor inclui todos os documentos e tramites necessários para ele ganhar o direito de dirigir.

9. Os motoristas são péssimos de volante

Motorista barbeiro ruim de volante

Não sei se o preço e facilidade da Carteira de Motorista tem alguma coisa haver com a habilidade dos argentinos ao volante, mas que eles são péssimos nesse quesito, não há dúvidas. Coincidência ou não, o número de mortes no trânsito é maior do que a taxa de homicídios dolosos.

10. O preço do transporte público é proporcional a distância percorrida

Transporte Público da Argentina

Os argentinos pagam um preço proporcional a distância que irão percorrer no transporte público. Portanto, para andar 3 quilômetros é um valor, para andar 6 quilômetros é outro e assim por diante. Em média, a passagem custa R$ 2,00.


  • 16
  •  
  •  
  •  
  •  
0 comentário

Talvez você possa gostar...

Deixe o seu comentário!